terça-feira, 13 de novembro de 2018

RECORDANDO AS TRUTAS NO INVERNO PAULISTANO

18/10/2014

Atados SidneiFly
As ovas de Trutas: A truta arco-íris, que deve o seu nome às numerosas manchas coloridas da sua pele, é a principal espécie da aquicultura europeia praticada em água doce. Oriunda da costa do Pacífico dos Estados Unidos, foi introduzida na Europa no final do século XIX. Graças à sua robustez e ao seu rápido crescimento, revelou-se uma espécie particularmente bem adaptada à aquicultura. A truta arco-íris é atualmente criada em quase todos os países europeus, em particular nos países costeiros de clima temperado e hoje em dia praticamente em toda América do Sul, Principalmente no Chile, Argentina e Brasil.
Atados PaulinhoFly
A truta arco-íris tem dificuldades em reproduzir-se naturalmente , em lagos sem corredeiras, porque a fêmea não consegue pôr ovos no Inverno Brasileiro.As larvas de truta são criadas em recipientes circulares em fibra de vidro ou em betão, a fim de manter uma corrente regular e uma distribuição uniforme das larvas.Os juvenis são então transferidos para unidades de crescimento, em armações flutuantes colocadas em lagos ou, na maioria dos casos, em viveiros ao longo de um rio.Na , a truta encontra-se disponível todo o ano.Muitas escaparam do Cativeiro e se procriaram em Rios e Lagos,mas isto na verdade se dá ao incidente de enchentes e introduções não acompanhadas por órgãos ambientais.

No grande lago, utilizamos esta iscas entre dezenas de outras e obtivemos relativo sucesso.Quase todas com ovas ,atacavam sutilmente e só percebíamos que estava com a boca na isca após tentar recolher a linha.Raramente atacavam na caída da isca na água.







Exemplares capturados pelos Mosqueteiros Sidnei Fly, Luis C. Midon ,Paulinho do Fly e eu Coimbra Fly.Fiquei no Pier ao fundo lago e como havia muita sobra e pouca água corrente resultou em pouquíssima atividade.ao contrário na Roda D'água o Sidnei capturo mais de uma dezena de Trutas Arco Iris.O Paulinho e Midon circularam todo o lago e uma ou outra entrava.




Amigos ,foi muito bom e melhor ainda o bate papo e troca de idéias entre amigos.Parabéns a todos

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

FLYFISHING EM PESQUEIRO






O dia começou chuvoso até as 13 hrs mas depois ficou nublado bem do jeito que gostamos. Foram muitas fisgadas nas moscas afogadas , imitando peixinhos. O resultado foi acima da média e os predadores atacavam em longos arremessos com vento forte a favor . DIFÍCIL ! Dourados , Matrinxãs Piracanjubas e Piraputangas . Como a maioria dos pescadores se retirou por causa da chuva , ficamos relativamente tranquilos. Participaram: Eu Coimbrafly -Midon e Sidneifly. 





Filme Midon na Busca dos Dourados. foram vários, não dava pra fotografar e filmar tudo pois queríamos pescar !


segunda-feira, 1 de outubro de 2018

TAMBAS ,DOURADO E MATRINXÃS EM ITAPECERICA


O dia estava para os Tambas. Logo cedo 2 Matrinxãs e depois os Tambas e Dourado. 
Uma vara TFO 8 quebrada pois o bicho se debateu em cima da vara e aparentemente não tinha nada , até o próximo arremesso. Coisas que acontecem. 
    Eu cheguei as 10 hrs e nada peguei pois estava somente com vara 4 para tentar os Bass que não            vieram










segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Lambaris no Fly - Técnicas e Conhecimento

Pescar lambaris é sempre prazeroso para os amantes de Fly. As técnicas aplicadas dependem dos locais.Na natureza é sempre melhor,porém enfrentamos as dificuldades de lugares as vezes inexplorados e de difícil acesso.Lambaris são peixes delicados e sofrem as primeiras consequências das ações do Homem na natureza.Embora muito resistentes,são os primeiros a desaparecerem dos lugares.Córregos   rios,cachoeiras e lagos são seus habitats.Água corrente é fundamental com boa oxigenação.Sobem essas corredeiras e proporcionam verdadeiros espetáculos na Piracema.

Mato Grosso-BR
Pegou Matrinxã pequena e Lambari
 Encontrar bons cursos D'água hoje em dia é muito difícil.Geralmente são propriedades particulares ou parques e necessitamos de autorização para entrar.Existem ainda mananciais bem preservados e perto das cidades ,mas corre-se o risco de visitas de estranhos e até de mau intencionados.Uma boa pescaria de lambaris, deve sempre ser bem planejada e com guia ou pessoa que conheça bem o lugar.Ninguém deve-se atrever a entrar em rios de corredeiras,lagos e cachoeiras sem conhecimento.


Um bom exemplo: em Minas Gerais na região de passos existem muitas cachoeiras e aparentemente são tranquilas.O tempo aberto ,muito sol e derrepente uma verdadeira enxurrada aparece do nada.Choveu em outro lugar ,na cabeceira e somos avisados por radio para sairmos em 5 minutos.a água subiu mais de 3 metros em 10 minutos, levando tudo que tinha pela frente.Um perigo.Daí vem o conhecimento e evitar o pior.Outra ocasião eu pisei entre duas pedras no meio da corredeira e ao me apoiar instintivamente quebrei e cortei feio o dedo da mão esquerda.Se caísse de costas ,não teria me ferido.Estava com botas apropriadas e equipamentos de primeiros socorros.Andamos mais de 20 km para achar um pronto socorro.isto porque sabia onde se encontrava o PS.na região de Cubatão -SP.
Isca de superfície, de meia água ou de fundo.Tudo depende de nossa observação.A melhor forma quando não temos certeza é tentar cada tipo de isca e obviamente estar munido de um verdadeiro arsenal para sermos bem sucedidos.Nos pesqueiros artificiais os proprietários acham o Lambari uma verdadeira praga e por isto retiram essa espécie mantendo os demais peixes na base de ração.Alguns pesqueiros ,no entanto mantem um equilíbrio perfeito ,mantendo espécies predadoras e com isto mantém as características naturais das espécies mantendo-os como se estivessem na natureza.nesta situação poderemos trabalhar com moscas,ninfas e imitações de insetos com toda tranquilidade.Coisa rara mas ainda existem pesqueiros assim.Dourados,Matrinxãs e Traíras , costumam atacar em Stremrs quando existem pequenos peixes de sua cadeia alimentar.Nada substitui o prazer de ver este pequeno peixe atacar,brigar e pular como peixe grande.Daí a importância de se ter um material adequado,leve , preciso e sensível para percebermos a fisgada,principalmente quando temos que trabalhar a isca.Trabalho com água parada, em corredeira etc..Cada lugar exige uma técnica diferente e isto é muito pessoal de cada cada praticante do fly.
Observem que na foto acima o lambari foi pego com um Tatuzinho de EVA e Chenile.
ccoimbrafly@gmail.com                            sidneifly@hotmail.com
Nós atamos todas as iscas utilizadas e testamos nos mais diversos locais.
Tenham um FELIZ 2013 e boas pescarias.

Claudio S. Coimbra   (Coimbra)
Sidnei Almeida          (Gaucho)
Rogério A. Coimbra (MT-Br)

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Trutas em MARYLAND USA

Cunningham Falls State Park é uma área de recreação pública localizada a oeste de Thurmont, Maryland, nos Estados Unidos.



Cunningham Falls State Park tem várias oportunidades  para a pesca. 

A licença de pesca esportiva de água doce de Maryland é necessária para todos os pescadores com mais de 15 anos de idade. Não deixe de consultar o Maryland Freshwater Sportfishing 
Guide para limites de tamanho antes da sua viagem de pesca.Minha Licença tirei em Anápolis MARYLAND DEPARTMENT OF NATUARAL RESOURCES mas eventualmente poderá ser no Wall Mart -Bass Pro Shop

Hunting Creek Lake é uma área de truta. Um píer de pesca acessível está localizado perto da Catoctin Hollow Road, ao lado da rampa para barcos. 
Os pescadores também podem pescar bass, bluegills, sunfish, crappie e bagre.

O Big Hunting Creek ao longo da MD Route 77, bem como seus afluentes dentro do Cunningham Falls State Park, é um riacho de captura e liberação de trutas limitado apenas à pesca com mosca artificial. Deve ser utilizado o equipamento de pesca com mosca convencional e as moscas artificiais.
Little Hunting Creek na área de Manor é um fluxo de truta captura e liberação limitada ao uso de iscas artificiais e moscas apenas. Engrenagem de fiação pode ser usada.




Existem 8 pontos bem definidos no mapa do parque e tem estacionamento em todos os pontos.




Em agosto o tempo está quente por lá e o riacho muito baixo As trutas não apareceram pois tinha somente uma manhã para brincar e conhecer o local. Na foto ao lado um filhote Salmonado.  O lugar é muito organizado limpo com toda orientação possível com muitas Cobras Ursos e Cervos.

Tranquilamente pode-se acampar e pescar com várias modalidades. Aproveitando as férias fomos conhecer todo o estado deixando assim para uma próxima oportunidade e data adequada para a pesca de Trutas.  

Esta região faz muito frio e neve bem fraca.



Caminhada
O sistema de trilhas do Cunningham Falls State Park varia de terreno, desde caminhadas curtas e planas até subidas íngremes e rochosas que desafiarão até mesmo o experiente caminhante. As distâncias da fuga variam de 0,6 milhas a 7,5 milhas.
  • Lower Trail - red blaze (uma meia milha) Esta trilha fácil a moderada é o acesso mais curto e fácil às Cataratas. Sinais interpretativos e bancos ao longo do caminho. Regresse ao lago por esta trilha ou pelo Cliff Trail. Esta trilha termina nas Cataratas.
  • Cliff Trail - labareda amarela (3/4 milhas) O terreno acidentado oferece caminhadas extenuantes passando por afloramentos rochosos que levam às Cataratas. Volte para o lago por esta trilha ou Lower Trail.
  • Trilha Campground - labareda laranja (3/4 mile) Esta Cunningham Falls State Parktrilha extenuante dá acesso aos campistas para o Cliff Trail.
  • Old Misery Trail - orange blaze (2 milhas) Esta trilha íngreme e extenuante com muitos ziguezagues e vistas panorâmicas se conecta com a Cat Rock Trail.
  • Cat Rock / Colina de Bob - Chama amarela (7,5 milhas) Esta trilha extenuante atravessa a montanha e passa por dois afloramentos de rocha cênica com vistas panorâmicas.
  • Cat Rock Trail - Chama amarela (1,5 milhas) Esta trilha íngreme e extenuante leva a Cat Rock (elevação 1560 ') e vistas panorâmicas.
  • Trilha de Colina de Bob - amarelo (1,5 milhas) Esta trilha íngreme e extenuante leva à Colina de Bob (elevação 1765 ') e duas trilhas curtas com vistas do norte e do sul.
  • Catoctin Furnace Trail - Sem chamas (1/4 mile) Uma trilha auto-guiada que leva ao Catoctin Furnace. Cruza a US 15 através de um caminho elevado para os pés (46 degraus acima da escada).
  • Catoctin Trail - blue blaze (27 milhas) Esta trilha extenuante leva de Gambrill State Park através de Frederick City Watershed, Cunningham Falls e Catoctin Mountain Park. Nove milhas de trilha estão em Cunningham Falls. Camping permitido apenas em campings designados. 
    A cavalgada é permitida apenas na parte da Trilha Catoctin, localizada entre o limite do parque com a bacia municipal da cidade de Frederick e a área de Manor. Andar a cavalo não é permitido na área Houck que inclui o lago e as quedas.

Piquenique na área de William Houck

Mesas de piquenique e grelhados estão disponíveis perto da área do lago À beira do lago em Cunningham Fallsem um primeiro a chegar, primeiro a ser servido. Não há pavilhões de cobertura ou abrigos nesta área. Por favor, lembre-se de chegar cedo, pois o parque geralmente alcança a capacidade em meados da manhã, nos finais de semana, feriados e até alguns dias da semana durante a temporada de natação de verão.

Piquenique na área de Manor

Mesas de piquenique e churrasqueiras estão disponíveis em um primeiro a chegar, primeiro a ser servido. Um abrigo para piquenique está disponível apenas por reserva. O abrigo tem capacidade para 150 pessoas. O abrigo foi construído pelo Civil Conservation Corps (CCC) de pedra nativa muitos anos antes da instalação da Rota 15. É recomendável que você visite o abrigo antes de fazer sua reserva devido à sua proximidade com a rodovia.

Passeios de barco

Uma rampa de barco para o lançamento de embarcações particulares no Hunting Creek Lake está disponível por uma pequena taxa de serviço. Somente motores elétricos são permitidos, sem motores a gasolina. Uma concessão de barcos em Hunting Creek Lake aluga barcos durante a temporada de verão. 

Veja direto na fonte: http://dnr.maryland.gov/publiclands/Pages/western/cunningham.aspx

terça-feira, 12 de junho de 2018

TILÁPIAS E LAMBARIS NA MOSCA

NOVO AQUI 24/05/2015
                        IMG_20150523_073235943WP_20150523_002 IMG_20150523_073316460WP_20150523_004 WP_20150523_005WP_20150523_007 Pantanalesqueiro (21)SAM_8454
Os Lambaris como sempre em grande quantidade e acreditem
só venho aqui por causa deles.
No meio tempo o sol esquentou os lambas sumiram e começamos
jogar poucos grão de ração para capturar as tilápias na mosca.
Os lambaris são muito rápidos e atacam vorazmente
IMG_20150523_130900704 IMG_20150523_114137514IMG_20150523_114250118 IMG_20150523_124040936IMG_20150523_111727770 As Traíras não vieram mas em lugar bem Natural sempre acontecem surpresas e ai no streamer entrou o Jundiá com o Sidnei. Peixe carnívoro e habitantes de estruturas em lagos riachos e rios.
           

Seguidores